Assembléia Extraordinária sobre a Greve dos Educadores

A retomada da nossa greve, foi decidida em assembléia do último dia 25 de abril,  baseada em razões sólidas,  nossa luta é cotidiana. Queremos o respeito aos direitos da nossa categoria, direitos adquiridos com anos de luta nos estão sendo negados e nós não podemos deixar que isso aconteça. Sucatear a educação é fazer com que a realidade do nosso Estado nunca mude. SOMOS e ESTAMOS lutando pela educação do Paraná.

Homens e mulheres cultos questionam, lutam, são ativos e NÃO apenas obedecem, são preocupados, debatem. Não aceitam qualquer resposta,  são educados para liderar, ter civilidade, serem cidadãos de direito. Não queremos menos do que isso para os nossos alunos.

Nossos alunos têm seus direitos GARANTIDOS: são 200 dias letivos ou 800 horas anuais, previstas na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), como em outros momentos de greve, de nossa parte está garantido: reposição das aulas e dos conteúdos necessários para uma significativa aprendizagem dos estudantes. NÃO será feita uma reposição ‘faz de conta’.

Certos de que,  a nossa luta é também a de vocês, gostaríamos de CONVOCÁ-LOS para uma assembléia extraordinária a realizar-se na SEGUNDA-FEIRA,  DIA 18 DE MAIO às 19h30 no Salão Social do nosso colégio. Queremos esclarecer alguns pontos e por isso a sua presença é essencial, estaremos todos aqui: professores, funcionários,  pedagogos e direção para que todas as suas dúvidas possam ser respondidas.

Agradecemos o apoio e o respeito dispensados a todos os educadores do Estado do Paraná.

“O homem não é nada além daquilo que a educação faz dele” Immanuel Kant.

Servidores do CE Yvone Pimentel